terça-feira, 27 de novembro de 2007

«DEFICIÊNCIAS»


Porque ando com a minha vida super, super agitada, não tenho tido tempo de escrever habitualmente, como é costume. Por isso, deixo ficar umas palavras que me enviaram há dias para o meu e-mail, de um escritor gaúcho.

«DEFICIÊNCIAS» - Mario Quintana (30/07/1906- 05/05/1994).

"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive.
"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.
"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.
"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.
"Diabético" é quem não consegue ser doce.
"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.
E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois: "Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus. "A amizade é um amor que nunca morre".

1 comentário:

Anónimo disse...

Olá amiga,

Gostei muito do texto e da sua mensagem....

Continuação de bom trabalho...

Já divulguei o site dos Saltimbanco pelos meus amigos...

beijos

Sandra