quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Fim-de-semana na Serra dos Candeeiros

Já há algum tempo que me vinha a apetecer fazer um corte na rotina do dia-a-dia e sair de Lisboa, ver paisagens diferentes que não fossem as de Lisboa, Almada e Seixal.
A ideia de ir até à Serra dos Candeeiros partiu da Cláudia, grande companheira de saídas radicais, de caminhadas e espeleologia em grutas na Serra de Montejunto e em Salir do Porto.
Como o tempo já não está bom para acampar, desta vez ficamos instalados numa magnífica casa de abrigo, junto à povoação de Casais do Vale de Vento.
Como o frio era cortante e a chuva por vezes caía, acabámos por ficar mais em casa do que no exterior, ficando de volta da enorme lareira que enchia a sala, aquecendo-nos, jogando sem parar. Afinal de contas também sabe bem um pouco de descanso! A comida não faltou, estava óptima a massa de cogumelos da Claudenise, e soberbo o risotto do Paulo (só foi pena ele ter-se esquecido de trazer o arroz, e ter de se ir buscar o arroz para o dito cozinhado ao restaurante, mas acontece aos melhores!!) além da castanha assada, e da febra na brasa.
Para desentorpecer as pernas, fizemos duas pequenas caminhadas pela serra, dando para explorar um pouco o meio que nos envolvia. Descobri que caminhar com o frio é óptimo, principalmente quando se começa a subir, pois o corpo aquece e deixa de se sentir o frio gélido do ambiente à nossa volta. Nunca pensei que iria transpirar com aquelas temperaturas tão baixas…
No regresso, deu ainda para visitar as Grutas de Alvados, das quais aqui deixo algumas fotografias… Um fim-de-semana à maneira sem dúvida….







Sem comentários: