terça-feira, 18 de março de 2008

Dia da Poesia no CCB, 22 de Março


Com o objectivo primeiro de defesa da diversidade linguística, a UNESCO decidiu, em 1999, proclamar o dia 21 de Março Dia Mundial da Poesia.
Para comemorar o dia nada melhor do que ir até ao CCB. Deixo-vos aqui o programa e aproveitem a sugestão...

22 Mar 2008 - 14:00 às 19:30
Para todo o público

Entrada por: Recepção do Módulo 1 ou Foyer dos Auditórios

ENTRADA LIVRE

Excepcionalmente, e porque este ano o dia 21 de Março é Sexta-Feira Santa, vamos comemorar o Dia Mundial da Poesia no sábado, dia 22 de Março. No dia 22 vai poder usufruir de uma Feira de Livros de Poesia, assistir a Conversas “em forma de assim”, trocar livros no Espaço de Trocas, visitar uma exposição de desenhos de Ana Hatherly, participar em ateliers no Espaço de Fazer Poesias, ouvir e ver a Voz dos Poetas e ouvir poesia dita e cantada num espaço onde Todos os Poetas estão Vivos.
ProgramaEspaço de Troca
PRAÇA DO MUSEU 14:00 - 19:00Na Praça do Museu não é permitido dinheiro. Faça-se acompanhar por um livro (ou mais) que já tenha lido e dirija-se ao Espaço de Troca – aí pode trocar o seu livro por outro, tão simples como isso.

Feira do Livro de Poesia
BERTRAND FOYER GRANDE AUDITÓRIO 14:00 - 19:30
Com o apoio da Livraria Bertrand, que logo aderiu ao projecto, pode comprar o livro do seu poeta preferido no espaço reservado para o efeito no foyer do Grande Auditório.
Exposição GALERIA MÁRIO CÉSARINY 14:00 - 19:30Exposição de poesia gráfica e desenhos de Ana Hatherly
de Poesia SALA EUGÉNIO DE ANDRADE E FOYER LUÍS DE FREITAS BRANCO 14:00 - 19:30
Na Sala Eugénio de Andrade, agora projectada como estúdio de gravação, o público é convidado a dizer poesia em frente de uma câmara, ao mesmo tempo que as gravações vão passando, em simultâneo ou em diferido, num grande televisor montado para o efeito no foyer da Sala Luís de Freitas Branco.

Espaço de Fazer Poesias CPA 15:00 - 19:00
Espaço especialmente vocacionado para um público interessado em compor poesia, desenhar ou pintar poesia, onde não irão faltar poetas e artistas plásticos que o vão ajudar a encontrar inspiração.

Espaço de Silêncios SALA LUÍS DE FREITAS BRANCO
15:00 - 19:00Na Sala Luís de Freitas Branco vamos ajudá-lo a escolher um livro de poesia que poderá ler em silêncio, num espaço privilegiado do CCB.

Cabinas Poéticas SALA LUÍS DE FREITAS BRANCO
14:00 - 19:00
Se pretende ouvir poesia, tem à sua disposição as Cabinas Poéticas. Um espaço peculiar onde pode ouvir os poemas que gravámos especialmente para si.O Canto do Poeta
FOYER MÓD. 1, PASSAGEM 1/2, JARDIM DAS OLIVEIRAS, JUNTO DAS LOJAS DOCE ARTE E CULTURA DO TABACO 14:00 - 18:00 No Canto do Poeta – figuras públicas ou o público presente vão dizer poesia. São quatro “Cantos”, cada um dedicado a um poeta – Luís de Camões, Fernando Pessoa,Florbela Espanca e Sophia de Mello Breyner – onde se podem ouvir os seus poemas.

Poesia Cantada Poesia Declamada PEQUENO AUDITÓRIO Espectáculo Non-Stop15:00 - 19:00 Espectáculos de poesia, “Non-Stop” – onde pode ouvir cantar ou ler poemas Café com Poesia SANDWICH BAR 16:00 - 17:00 Venha beber um café com muita poesia, e participar no debate que organizámos especialmente para si, com alguns poetas da nossa cidade e moderado por Isabel Pires de Lima.(a confirmar)

Poema Contínuo SALA DE LEITURA 15:00 - 19:00Uma mesa e seis cadeiras… Os convidados vão chegando e, tranquilamente, vão-se acomodando, vão-se interessando pela conversa, intervêm…

Sem comentários: