segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Vigília por Myanmar

A União Budista Internacional promove hoje segunda-feira, 8 de Outubro no Marquês de Pombal, Lisboa, uma vigília em solidariedade para com a luta do povo birmanês, das 19h às 21h. A esta associação juntou-se a secção portuguesa da Amnistia Internacional. Esta vigília visa chamar a atenção para «a luta heróica do povo e dos monges birmaneses».
Os promotores da vigília apelam aos participantes para que levem cartazes contra a não violência - em comunhão com a luta dos monges budistas na Birmânia - e velas. Os praticantes budistas presentes na vigília irão praticar meditação e recitar textos sagrados budistas e mantras.
A Amnistia Internacional está a pedir o fim dos ataques aos manifestantes na Birmânia e a exigir a libertação imediata das pessoas detidas na sequência de participação nas manifestações.
A vigília visa ainda alertar a população para os monges budistas desaparecidos na Birmânia, que são levados para locais desconhecidos, apelando para que não sejam submetidos a tortura.
Quem esteja interessado por esta causa, marque presença!

1 comentário:

Anónimo disse...

Amiga,

Ainda bem, que existem pessoas como tu... que divulgam estas iniciativas...

obrigada por existires !!!

beijos
Sandra