segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Vigília por Myanmar

A União Budista Internacional promove hoje segunda-feira, 8 de Outubro no Marquês de Pombal, Lisboa, uma vigília em solidariedade para com a luta do povo birmanês, das 19h às 21h. A esta associação juntou-se a secção portuguesa da Amnistia Internacional. Esta vigília visa chamar a atenção para «a luta heróica do povo e dos monges birmaneses».
Os promotores da vigília apelam aos participantes para que levem cartazes contra a não violência - em comunhão com a luta dos monges budistas na Birmânia - e velas. Os praticantes budistas presentes na vigília irão praticar meditação e recitar textos sagrados budistas e mantras.
A Amnistia Internacional está a pedir o fim dos ataques aos manifestantes na Birmânia e a exigir a libertação imediata das pessoas detidas na sequência de participação nas manifestações.
A vigília visa ainda alertar a população para os monges budistas desaparecidos na Birmânia, que são levados para locais desconhecidos, apelando para que não sejam submetidos a tortura.
Quem esteja interessado por esta causa, marque presença!

1 comentário:

Anónimo disse...

Amiga,

Ainda bem, que existem pessoas como tu... que divulgam estas iniciativas...

obrigada por existires !!!

beijos
Sandra

«Noite Viva», em cena no Teatro Aberto

«Noite Viva», em cena no Teatro Aberto, é uma peça de teatro diferente da que estamos habituados a ver, normalmente em cenários preciso...