terça-feira, 2 de outubro de 2007

Rir é o melhor remédio!

Fui experimentar uma sessão experimental de Ioga do Riso. Confesso que no início estava um pouco renitente, não sabia o que iria encontrar, e se me adaptaria bem na sessão. Eu adoro rir, mas ir a um local rir durante uma hora, é diferente.
Na verdade, gostei muito da experiência e acho que revelou imensas facetas desconhecidas. Durante aquele tempo em que o grupo interagia, estimulando contactos visuais e cumprimentos e saudações e fazendo risos específicos, todo o mundo real ficou lá fora. O que importava, tal como as formadoras informaram, era estimular o hemisfério direito do nosso cérebro que é muito mais emocional e criativo. O hemisfério esquerdo, mais racional e intelectual neste domínio não faz muito sentido trabalhar. Até porque se ele estivesse activado, começaríamos logo a censurar a nossa atitude ridícula e as nossas posturas. Mas, o que importa ali é aceitar o momento.
Penso que apesar de ter muitos ataques de riso e ter uma gargalhada forte e estridente, acho que nunca ri tanto tempo seguido. Passado pouco tempo de gargalhar consecutivamente uma pessoa esquece-se do que se ri, torna-se mecânico, mas o bem que faz à nossa saúde é incalculável. Dizem que oxigena o cérebro liberta o stress, massaja os músculos da face (ao contrário de fazer rugas na pele, ajuda a distender) e faz o diafragma trabalhar…

Quem descobriu o Ioga do riso?
"A terapia do riso nasceu na Índia, com Madan Kataria, depois de fazer experiências com grupos de amigos, em que verificou os seus efeitos benéficos, o médico organizou, em Março de 1995, a primeira sessão pública, numa praça. Actualmente, existirão cerca de nove mil clubes do riso espalhados por todo o mundo." É uma técnica que combina os efeitos do yoga, a nível de respiração e concentração, com a sensação de bem-estar e energia emocional positiva que uma boa dose de riso provoca, e em novos conhecimentos científicos. O objectivo é que os participantes riam. No início, o riso é induzido por meios artificiais, sendo que logo se transforma em algo absolutamente espontâneo.
Centenas de estudos demonstram que o riso faz milagres à mente e ao corpo. Entre outros os benefícios do Yoga do Riso são:
· Reforça o sistema imunitário, activando as células que combatem as infecções.
· Ajuda o corpo a lutar contra o "stress".
· Uma boa gargalhada, das que fazem doer a barriga, ajuda a fortalecer os músculos do estômago.
· Liberta endorfinas no cérebro, o analgésico natural do corpo
· Mantém o rosto jovem e aumenta a beleza física.
· Dilata o tórax e melhora a respiração.
· Favorece o relacionamento social.
· Aumenta a criatividade e a produtividade.
· Facilita a tomada de decisões
· Melhora a auto-estima

Atreva-se a experimentar! É uma sensação única. Saímos muito mais leves, aliviados e contentes.

Mais informações
http://www.yogadoriso.com/yoga_do_riso.htm






1 comentário:

Anónimo disse...

Olá Amiga,

Sempre em movimento, experimentando sensações novas e diferentes...és uma super-mulher...

Talvez siga o teu conselho... preciso de relaxar...

beijos gandes
Sandra