segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Lucy


Gata pequenina,
Princesa de olhos verdes de água,
Doces e assustados,
Amiga,
Companheira,
Dedicada e fiel!
Não acordarei mais de manhã contigo zelando o meu sono,
Nem acariciarei o teu pêlo sedoso
Visita-me agora em sonhos,
Povoa a minha noite de fantasia,
Faz ron-ron no meu ouvido,
Sempre que a tristeza me invada.
Estarás sempre no meu pensamento,
Gata pequenina,
Tigrada,
Linda!


16-09-1996 / 10-08-2007


3 comentários:

Anónimo disse...

Bom dia Ana,

Tenho a certeza, onde quer que esteja a Lucy, ela estará a velar o teu sono e a olhar por ti...

beijos
Sandra

Anónimo disse...

um beijinho.
gm

Vaquinha Malhada disse...

Ohhhhhhh!!! A Lucy morreu. Fogo, calculo a tua tristeza. Estou sem palavras...
Os animais fazem tanta companhia. Sei que ela vai continuar viva dentro de ti, como dentro de mim continuam vivos muitos dos meus animais. Força, e jinhos, Vaquinha Malhada